SURTOU: Temer manda “banana” para críticos de mudanças no ensino médio; CONFIRA!

6

O presidente Michel Temer (PMDB) rebateu as críticas contra a proposta de reforma do ensino médio. Segundo ele, o intuito da mudança é aproximar o ensino no país do adotado em países mais desenvolvidos.

Temer afirmou que em 2013 houve uma queda abrupta da aprendizagem e defendeu a tramitação por meio de Medida Provisória. Segundo ele, a tramitação de um projeto de lei tradicional tarda 90 dias e depois tranca a pauta, já a MP prevê 120 dias de discussão. O STF vai levar a discussão ao plenário da corte.

Falando a uma plateia de empresários e convidados na revista “Exame”, o presidente acrescentou que o tema vinha sendo discutido por técnicos há pelo menos cinco anos e que lembra o antigo modelo do ensino médio, dividido entre clássico e científico.




“É interessante no Brasil que as coisas se renovam para voltar ao passado”, afirmou. “Estamos fazendo uma especialização compatível com o que é feito na Europa, nos EUA, na Coreia do Sul.”

Ele disse que a medida foi “muito bem recebida”, apesar das críticas de vários setores, e que as insatisfações são “vozes dissonantes”.

“Essa matéria será suficientemente debatida, assim como já o foi”, disse, e defendeu a medida mesmo num governo de menor duração.

“Estamos no governo há pouco tempo, tomando medidas ousadas, porque se não houver ousadia o governo se converte numa covardia, e não vamos fazer nada pelo país. Elas podem ser mal compreendidas num primeiro momento, mas depois darão suporte popular ao governo.”

“Temos certeza que daremos um salto de qualidade na educação.” Com informações da Folhapress.

você pode gostar também Mais do autor

6 Comentários

  1. Rick Diz

    Ele é um Juiz federal animal !!! Se nessa bosta de país levassem as leis a sério… Ele poderia fazer muito mais do que esta fazendo. E é bom que continue a tirar todos os ladrões dessa merda, palhaçada com o Brasil, só existe palhaço defendendo ladrão.

  2. Gustavo Diz

    Sou professor da rede estadual de SP e totalmente favorável, porém, tenho algumas perguntas:

    1) A estrutura das escolas irá melhorar?
    Falo isso porque as escolas – no caso da rede em que trabalho – têm prédios em estado de conservação deprimente! Janelas pequenas e quebradas, carteiras DESCONFORTÁVEIS – eu não ficaria uma hora nelas! Imaginem crianças e adolescentes?! -, a maioria tem apenas uma quadra, faltam quadras de tênis, pista de corrida, campo de futebol e uma quadra fechada para vôlei, basquete etc! Ah, esqueci, diferente dos EUA e Europa, educação física de verdade não será contemplada! Desculpe!
    Bom, para complementar, talvez não seja importante, mas citarei: faltam, não somente laboratórios de biologia e química, faltam instrumentos e matérias para utilização. As escolas não têm bibliotecas grandes e convidativos e seus acervos são pobres e antiquados! Não há wi-fi, equipamentos audio-visuais para todos e por aí vai… sem contar na arquitetura, escolas feias, quentes, assustadoras e que estão longe de favorecer, por si, alguma informação extra, como a contemplação de um estilo.

    2 – Teremos ensino médio em quatro anos ou economizaremos?

    3 – Nossos salários comparar-se-ão aos dos estadunidenses e europeus?
    Eu, com 11 anos de rede, 17 de área, licenciatura e bacharelado em história, pedagogia, stricto sensu, uma pós em educação especial, 32 aulas semanais e mais as reuniões… pedagógicas, arranho os R$ 3.000,00! Amo o ensino médio da rede pública! Não sou professor de fundamental ou faculdade. Gosto de escolas da periferia! Como poderia ganhar mais? Contentar-me e agradecer a Deus por meu salário? Ser tratado como se fosse apenas funcionário público sem direito à cidadania? Afinal, quando nós criticam, esquecem-se de que pagamos impostos e temos opiniões de como nosso trabalho pode render mais!

    4 – Os pais serão obrigados a responder NÃO SOMENTE pela presença, mas também pelo bom andamento escolar? Ou continuarei a ser babá?

  3. Olkin bellevue Diz

    Fora temer golpista

  4. Anderson provatti Diz

    Fora SERGIO MORO, GOLPISTA, POLÍTICO DISFARÇADO DE MAGISTRADO. FORA TEMER, TEUS DIAS ESTÃO CONTADOS!
    FORA COXINHAS MILIDOIDOS, MANOBRADOS COMO MARIONETES POR ESSES SACANAS. VOCES, COXINHAS, JÁ PERCEBERAM O FURO, NÉ? VÃO TER QUE TRABALHAR MAIS 20 ANOS…VÃO TER AUMENTO NA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA. …e muitos outros prejuízos. Bem feito! Quem mandou não ter raciocínio crítico?

  5. Maria Lourdes Sampaio Cruz Diz

    Pergunta quê não quer calar!

    Quem é Sérgio Moro? Ele é um parlamentar disfarçado? Quem atrbuiu tantos poderes à este homem ao ponto de fazer tantas manobras políticas e não ser interrompido em suas investigações. Quem é o poderoso chefã? E quem tá bancando está farra com dinheiro público? Fora TEMER… Fora Sérgio Moro…. Quê seja desmascarado todos os golpistas e cadeira elétrica para eles , ainda era pouco pra eles, eu tenho nojo de ser eleitora, se o meu voto de nada serviu, SOCORRO VAMOS SALVAR O BRASIL..!!!

    1. elson damasceno lopes filho Diz

      Isso guerreira. É a pergunta que todos estão fazendo. Há uma grande interrogação no ar. O que está acontecendo no Brasil? Porque que nosso judiciário está agindo dessa forma. Nós precisamos saber. Exigimos que nossos governantes venham a público e se pronunciem e digam quem está por detras destes julgamentos partidários políticos. Venham e digam em rede nacional quem é o chefe que está tomando de assalto a nossa democracia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.