TÁ MORTO: Justiça volta a negar “soltura” de Cunha

0

O pedido de liminar para libertar Eduardo Cunha foi negado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, da 13ª Vara Federal de Curitiba.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a decisão de 17 páginas indeferiu o pedido com alegações de que, para ele, Cunha despreza a lei, a coisa pública e a Justiça.

Agora, a defesa de Eduardo Cunha vai esperar que o TRF da 4ª Região (Porto Alegre) julgue o mérito do pedido de habeas corpus, o que só deve ocorrer dentro de um mês.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.