Temer anuncia manobra para se livrar de cassação no TSE

1

Os advogados do presidente Michel Temer (PMDB) têm uma nova estratégia de defesa para o processo em andamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pede a impugnação da chapa Dilma-Temer nas eleições presidenciais de 2014. A ideia agora é tentar provar que o peemedebista não pediu nem negociou as doações para a campanha.

Os assessores de Temer argumentam, segundo revelado pela Folha de S. Paulo, que ele não pode ser responsabilizado pelas irregularidades supostamente cometidas pela cabeça da chapa, que era a ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Esta nova tática da defesa se fez necessária por conta da avaliação de que a possibilidade do relator do processo, o ministro Herman Benjamin, separar as contas da chapa é remota. O pedido foi feito em abril do ano passado pelos advogados do peemedebista.

Quatro ex-executivos da empreiteira Odebrecht devem depor esta semana: Melo Filho e Alexandrino Alencar estão agendados para falar nesta segunda-feira (6); Hilberto Mascarenhas e Luiz Soares também serão ouvidos nos próximos dias.

A ação proposta pelo PSDB contra a chapa Dilma-Temer apura se a campanha de 2014 foi financiada com dinheiro ilícito e se houve abuso de poder econômico. Se condenado, Temer pode ser cassado.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Martins Diz

    Não existe isso de estrategia, não esta sendo investigado só ele exclusivamente, e sim a chapa. Ele formou a chapa com o pt, fizeram campanhas juntos para alcançarem o objetivo, no mesmo palanque, não houve separação.Agora quer separar? Eu duvido que va pra cadeia que e o certo. Mas, já retirando este projeto de ser humano do poder será uma vitória para todos que se identificam com a minha opinião.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.