ÚLTIMA TENTATIVA: Após 5 dias preso, defesa de Cunha entra com pedido de habeas corpus

0

A defesa do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) apresentou nesta segunda-feira (24) ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre, o pedido de habeas corpus em favor do peemedebista.

O UOL recorda que Cunha foi preso na última quarta-feira (19) pela operação Lava Jato, em Brasília. A prisão do peemedebista foi determina pelo juiz federal Sérgio Moro.

O principal argumento apresentado pelos advogados foi que a competência para julgar o caso não é da Justiça Federal do Paraná, mas do STF (Supremo Tribunal Federal), onde Cunha já foi denunciado.

Além disso, a defesa afirma que o ex-presidente da Câmara não pretende deixar o país, risco apresentado por Moro para subsidiar o pedido de prisão. No entanto, Cunha tem passaporte italiano e há receio de que ele saia do Brasil.

O deputado cassado está preso na ala de custódia da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, em Curitiba.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.