CÁRMEN LÚCIA VAI SUJAR AS MÃOS! Prisão de Lula será violência histórica, diz Kennedy Alencar

0

O jornalista Kennedy Alencar afirmou nesta segunda-feira, 12, que cresceu a possibilidade de o ex-presidente Lula ser preso até o fim do mês devido à condenação no processo do apartamento no Guarujá. “Todos os sinais do STF, corte que poderia impedir a prisão de Lula após o fim do julgamento de todos os recursos no TRF-4 da 4ª Região, indicam isso”, diz ele.




Kennedy diz que se o TRF-4 deixasse para analisar o caso em abril e a presidente do STF, Cármen Lúcia, submetesse a análise do plenário duas ações de repercussão geral sobre a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, haveria chance de Lula evitar a prisão.




“Mas o TRF-4 tem acelerado o julgamento de Lula, e Cármen Lúcia já divulgou a pauta de abril sem prever inclusão das ações que permitiriam rediscussão do plenário sobre execução da pena de prisão após condenação em segunda instância”, afirma.

“Cármen Lúcia já deu prova de que faz política quando julga conveniente, como ao receber o presidente Michel Temer no último fim de semana em sua casa. No caso de Lula, ela age de forma que prejudica o ex-presidente, ainda que mais à frente ele consiga ter sucesso num recurso no STJ ou no STF para tirá-lo da eventual prisão. Mas já teria ocorrido a ida dele para a prisão, o que tem enorme efeito simbólico”, diz Kennedy.

“A eventual prisão também deverá elevar o debate público sobre a condenação no processo do apartamento no Guarujá, considerada frágil por boa parte dos advogados criminalistas e professores de direito penal do país e defendida por Sergio Moro e as principais figuras da Lava Jato. Esse processo tem fragilidades jurídicas que tenderão a ser vistas no futuro como uma injustiça histórica”, afirma.

Kennedy Alencar

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.