CORRUPÇÃO NA LAVA JATO: Pedido de oitiva de Tácla Duran já chega em Brasília; SAIBA!





A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingressou com um recurso ordinário pedido em habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) visando a tomada de depoimento do ex-advogado da empreiteira Odebrecht Rodrigo Tacla Duran.




Duran foi ouvido na CPMI da JBS, onde afirmou ter procurado o também advogado Carlos Zucolotto Júnior, que na época era sócio da esposa de Sérgio Moro, que teria pedido US$ 5 milhões para reduzir o valor da indenização a ser paga por ocasião do fechamento do acordo de delação premiada.




Segundo os advogados, Moro teria se recusado a tomar o depoimento de Duran, além ed ter negado que ele fosse ouvido em quatro ocasiões. Ainda conforme a defesa, Moro teria afirmado que “a palavra de Duran não mereceria credibilidade por se tratar de pessoa acusada do cometimento de crimes”.




CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

você pode gostar também Mais do autor