Datena manga de Doria mete o pau em barulhentos e detona violência nos tucanos

O apresentador José Luiz Datena (DEM-SP) deu um show ao vivo ao anunciar sua pré-candidatura ao Senado e se despedir da televisão. Em um hotel na capital paulista, nesta quinta-feira (28), fez graça de João Doria (PSDB), repreendeu barulhentos e desejou que adversários “se explodam”.

Visto como potencial ajuda para a campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB), Datena detonou a segurança pública em São Paulo, estado que o tucano administrou por quatro mandatos.

Relacionadas

“O PCC, criado aqui em São Paulo, é a organização criminosa que mais cresce no mundo inteiro. Significa que o sistema de segurança pública de São Paulo, do Brasil, está falido”, atacou, em discurso acompanhado por Doria e outros caciques como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro Gilberto Kassab (PSD).

Datena disputará a vaga na chapa de Doria, pré-candidato a governador, e Rodrigo Garcia (DEM), pré-candidato a vice-governador. A segunda vaga de pré-candidato ao Senado está em aberto.

Definindo-se como político de centro, ele criticou a soltura do ex-ministro José Dirceu (PT), determinada pela Supremo nesta semana até que seu julgamento seja esgotado.

você pode gostar também Mais do autor