Dono do Bahamas diz que é candidato e que Moro tem “vale vitalício” em seu prostíbulo

Do blog do Sidney Rezende:

O empresário Oscar Maroni esteve no programa Pânico, na Rádio Jovem Pan, nesta sexta (11) e falou sobre diversos assuntos.

Relacionadas

Ele disse que vai entrar para a política e elogiou o juiz Sérgio Moro: “Nós estamos sabendo desse caos que estamos vivendo por causa de um homem: Sérgio Moro. Eu me inspiro nesse homem. Vamos falar de um discurso do Dallagnol? Ele é um procurador, uma pessoa sensacional. Ele disse que no Brasil hoje desvia-se R$ 200 milhões por ano. Cinquenta por cento dos nossos governadores estão envolvidos na Lava Jato. Um terço dos nossos senadores…”, comentou.

“Eu fui convidado pelo presidente do PROS, porque há uns tempos atrás publicaram nas redes sociais: ‘Para presidente do Brasil Oscar Maroni, porque de zona ele entende’. Eu peguei aquele gancho e comecei a trabalhar. O presidente do partido me ligou: ‘Se você quer ser Presidente da República não vai dar, mas se quiser se Deputado Federal nós damos todo o apoio’. Depois da quarta reunião, eu aceitei”, disse.

“Bahamas Club é completamente lícita. E tem mais: eu declaro que juiz Sérgio Moro tem um vale vitalício no Bahamas Club. É minha homenagem aos brasileiros ilustres. Eu sou a maioria. O Edir Macedo fez o templo de Salomão, eu fiz o Templo do Vaginão. Se você pagar o dízimo para as moças acontece milagre lá dentro”, disparou.

você pode gostar também Mais do autor