É CONFUSÃO: Reunião na GloboNews gera bate-boca entre Miriam Leitão e PhD em economia por porcentagem

O colunista Ricardo Feltrin do UOL informa que uma reunião da equipe de jornalismo da GloboNews, ocorrida nesta quarta-feira (11), teve momentos de tensão, críticas pessoais e expressões de frustração. Um dos objetivos da reunião era discutir a formação do novo núcleo (editoria) de economia na emissora noticiosa da Globosat.

Sem citar nomes, a jornalista veterana Miriam Leitão já começou criticando colegas “economistas” e acadêmicos que, segundo ela, têm ocupado espaço demais na emissora com o que considera pautas banais do tipo “seu bolso” e “seu dinheiro”, diz o portal. Ela deu a entender que sua forma de apresentar e discutir economia é mais didática e superior à de economistas e acadêmicos da casa.

Relacionadas

O alvo da Miriam, 65 anos, aparentemente era a equipe do “Conta Corrente”, programa que será extinto, mas cuja equipe se tornou a base do novo “telejornalzão” de três horas que a GloboNews vai estrear no final do mês. Durante a reunião o economista Samy Dana, 39 anos, foi criticado diretamente por ela por dar “ideias demais” na reunião.

Miriam continuou suas críticas com um exemplo. “Se a (produção da) indústria cai 10% e depois sobe 10% voltou a ser o que era. Precisa mostrar o histórico e mostrar que nada mudou”, disse a jornalista. O que a irritou foi que Samy, que é PhD em economia, a corrigiu: “Se você perde 20% de R$ 100, você passa a ter R$ 80. Se se depois ganhar 20%, você não terá novamente seus R$ 100, e sim R$ 96. Ou seja, terá 4% a menos”.

Feltrin mostrou que o time de economia da Globo consegue brigar e tensionar por porcentagem ao invés de discutir a programação, que era o assunto de fato da reunião.

você pode gostar também Mais do autor