EX-PRESIDENTE CORRE PERIGO: Dilma no exterior: “Eu temo pela vida de Lula”; CONFIRA!

A presidenta eleita Dilma Rousseff disse esta terça (1º), na Argentina, durante a 44ª Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva corre risco de ser envenenado da prisão. O petista é mantido preso político desde o dia 7 de abril na Polícia Federal de Curitiba.

“Eu temo pela vida de Lula, pela água que ele toma, pela comida que ele come. Os líderes do golpe são capazes de tudo e precisam eliminar Lula”, denunciou Dilma.

Relacionadas

A presidenta eleita disse aos argentinos que, livre, o ex-presidente Lula será eleito o próximo presidente do Brasil.

Dilma também se encontrou com a ex-presidenta e atual senadora argentina Cristina Kirchner. Elas discutiram os ataques à democracia no Brasil e na Argentina e da perseguição aos governos populares e às lideranças de ambos os países, bem como da prisão arbitrária de Lula.

CLICK POLÍTICA com informações de esmael morais

você pode gostar também Mais do autor