Fachin coloca inelegibilidade de Lula para julgamento no STF e senadora afirma que ministro está sendo pressionado e chantageado

O Ministro Edson Fachin estaria sendo chantageado. A declaração foi dada pela a Presidente do PT, Gleisi Hoffman.

A senadora fazia um discurso na tribuna do Senado e lamentava a perseguição implacável do judiciário do Paraná contra o ex-presidente Lula.

Gleisi citou o juiz Sérgio Moro, o ministro Felix Fisher e o relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, “é a republica do Paraná contra um homem”, disse.

Relacionadas

A Presidente Nacional do PT falou da manobra do ministro do Supremo, que tirou o recurso de Lula da pauta da Segunda Turma, mandou para o plenário e ainda colocou um item que não estava no pedido.

Fachin quer que o STF julgue antecipadamente a inelegibilidade de Lula.

“A quem o senhor serve? quem está lhe pressionando? que chantagens são essas ministro Fachin?”.

CLICK POLÍTICA

você pode gostar também Mais do autor