Fantástico inicia “baixaria” contra o PT com proximidade da eleição

0

O jornalista Joaquim de Carvalho, do Diário do Centro do Mundo, criticou reportagem exibida pelo Fantástico, da Rede Globo, nesse domingo, 4, sobre brasileiros que mais sofreram com a crise econômica que se abateu sobre o país desde 2104.

Carvalho critica o material, classificado por ele como “propaganda contra Lula e o PT”. “Para começar, é uma reportagem sem repórter, isto é, não é mostrado um jornalista em campo para apresentar os entrevistados e conduzir as informações. Ela foi feita por dois produtores, e a narração é dos apresentadores do Fantástico, Tadeu Schimidt e Poliana Abritta. Este é o modelo clássico que revela o dedo do padrão e preserva a imagem dos repórteres”, diz ele.

O repórter do DCM lembra que a reportagem, de 14 minutos de duração, omite fatos decisivos para o agravamento da crise política e econômica do País.

“Quem perdeu a eleição em 2014 inviabilizou o governo Dilma Rousseff, com a discussão no Congresso de uma pauta que paralisou investimentos. Depois, emparedou a presidente reeleita com a ameaça do impeachment. Quem não se lembra da pauta-bomba que Eduardo Cunha colocou sobre a mesa da Câmara dos Deputados? Nessa crise, não se pode descartar também o ambiente criado pela Lava Jato, que transformou o Brasil numa plataforma defeituosa da Petrobras”, diz ele.

“O brasileiro tem na memória os anos de prosperidade nos governos de Lula e também no de Dilma, e é essa memória que explica, em grande parte, a liderança do ex-presidente nas pesquisas. No Fantástico, a Globo não fez jornalismo. Fez propaganda. E vem mais por aí. Neste ano de eleição, está difícil para os golpistas tentar viabilizar um projeto e, principalmente, um candidato que tenha a preferência do eleitor”, diz Joaquim de Carvalho.

“A Globo vai tentar jogar toda a culpa da crise no PT. E apoiar qualquer um que tenha chance de derrotar o PT. Só que a emissora está subestimando o brasileiro. Em geral, ele sabe com quem pode contar, e não é com a Globo. Os interesses da Globo são vários, e não é o do Brasil. A baixaria só está começando”, diz ele.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.