Cássio se diz indignado com TRE e pede que AIJEs contra Ricardo sejam julgadas

0

O Tribunal Regional Eleitoral está sob fogo cerrado. Há poucos dias a deputada Camila Toscano ocupou a tribunal da Assembleia, para lamentar que mais um ano está encerrando e a Corte não julga as AIJEs (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) que pedem a cassação do governador Ricardo Coutinho. Na noite desta segunda (dia 19), em entrevista à TV Arapuan, foi a vez o senador licenciado Cássio Cunha Lima também questionar.

Cássio afirmou ser “inadmissível que o Tribunal (Regional Eleitoral) tenha julgado meu processo em seis meses e decidido sobre ele em sessão com seis horas, enquanto as ações do governador (Ricardo Coutinho) se mantém há quase dois anos sem julgamento, o que justifica?” O senador se queixou que a Corte nem julga, nem dá satisfações à sociedade, que espera por um julgamento.

Cássio chegou a citar o jurista Rui Barbosa, para quem Justiça que tarde, é Justiça que falha, e que se torna uma injustiça institucionalizada, arrematou: “Ora, se há injustiça institucionalizada, óbvio que está havendo uma injustiça”. Lembrou o senador que são mais de dez AIJE e uma AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.