Condenados pelo TJ, dois prefeitos eleitos podem não assumir mandatos na Paraíba

0

Os prefeitos eleitos na cidade de Queimadas e Juazeirinho, no agreste paraibano, poderão ter dificuldades de tomar posse no dia primeiro de janeiro.

Carlinho de Tião (PSB) e Beviláqua Matias Maracajá (PTdoB) foram condenados no mutirão da Meta 4, do Conselho Nacional de Justiça(CNJ).

No caso de Juazeirinho, Beviláqua Matias Maracajá, possui duas condenações por improbidade administrativa e entre as penas está a perda dos direitos políticos por quatro anos, pagamento de multa civil e impedimento de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo prazo de três anos.

Já Carlinho de Tião teve três condenações que estabelecem a perda da função pública por quatro anos, suspensão dos direitos políticos e inabilidade para assumir funções públicas por cinco anos, multa e pena de detenção de um ano e oito meses que será substituída por prestação de serviços à comunidade u entidade pública.

MaisPB

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.