HIPOCRISIA ENOJANTE: Cármen Lúcia comenta caso Lula e dispara, “se fosse meu pai faria a mesma coisa”

A Ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, durante entrevista a TV Bandeirantes, comentou que ficou chateada ao ser criticada por jornalistas que a apontavam como ingrata por perseguir o ex-presidente Lula (PT).




Adepta ao chamado “populismo judicial”, “Carminha da Globo” disse que se fosse o seu pai, também tomaria a mesma decisão, pois segundo ela, sua toga pertence ao Brasil.
O problema é que a fala da ministra não convenceu. Muitos a tacharam de “hipócrita” nas redes sociais.




O jornalista Paulo Henrique Amorim por exemplo. Em um comentário, chegou a denominá-la de a “freira, a trapaceira”.
Ele se referia a manobra macabra feita por ela para mandar o ex-presidente para a cadeia.
CLICK POLÍTICA

você pode gostar também Mais do autor