LEI DO RETORNO? Dória vai para o banco dos réus em São Paulo por programa em seu governo; SAIBA!

Do UOL:

A juíza Cynthia Tomé, da 6ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, impôs multa de R$ 200 mil e abriu nova ação de improbidade contra o ex-prefeito João Doria (PSDB), por suposta promoção pessoal com o uso da expressão Acelera SP. Para a magistrada, o tucano descumpriu liminar que determinava penalidade de R$ 50 mil caso voltasse a usar o slogan. A decisão é do dia 23 de maio. Esta é a segunda ação civil pública aberta contra Doria.

A ação foi ajuizada em março pelo promotor Nelson Luís Sampaio de Andrade, do Patrimônio Público e Social. Para ele, Doria se vale de slogans e da identidade visual de seus programas políticos e vincula a eles sua imagem pessoal.

Relacionadas

“O slogan tornou-se intimamente ligado à imagem de João Doria e foi recorrente o seu uso em atos e eventos oficiais da Prefeitura de São Paulo, mesmo após o término da campanha eleitoral”, afirma o promotor.

(…)

Doria argumenta que “nunca vinculou a expressão ‘Acelera SP’ e seu símbolo em atos de publicidade governamental”. O ex-prefeito ainda alegou à Justiça que o uso do slogan tem sido feito “exclusivamente na esfera privada”.

você pode gostar também Mais do autor