LULA DISPARA: “Vocês tem concurso, mas não foram escolhidos para ser Deus”; CONFIRA!

O ex-presidente Lula participou nesta quinta-feira (22) de comício do candidato a prefeito de Recife pelo PT João Paulo. No ato, ele disse que a coletiva feita pelo Ministério Público na semana passada para denuncia-lo foi um “show de pirotecnia”. Ele também cobrou respeito e voltou a afirmar que os procuradores não apresentarão qualquer prova de ilegalidades praticadas por ele.

“Não adianta não ter provas e ter convicção. Eu tenho história de luta nesse país. É preciso que eles aprendam a respeitar. Vi um grupo de meninos que investigam minha vida há dois anos fazer um show de pirotecnia contra mim sem provas, só com convicções. Vocês têm concurso, mas não foram escolhidos para ser Deus”, afirmou.

Lula defendeu que o Brasil “volte à normalidade”. “É preciso que este país volte à normalidade, que a instituições respeitem a sociedade e que os membros das instituições poderosas sejam pessoas que ajam com responsabilidade”, disse.

Abaixo os principais trechos do discurso de Lula

“É uma imensa alegria retornar à capital do meu estado. E eu aproveito pra saudar o melhor e futuro prefeito de Recife: João Paulo”

“Eu não vim aqui para falar do Temer, não vim falar do Lula e nem da Dilma. Eu vim aqui para falar das eleições municipais de Recife”

“A elite brasileira não cassou a Dilma, eles rasgarem o título de eleitor do pernambucano, que deu mais de 80% dos votos para a Dilma”

Relacionadas

“Acho que chegou a hora de vocês darem o troco e a melhor opção é eleger João Paulo prefeito da cidade de Recife”

“É hora da gente mostrar que o povo brasileiro não quer viver sem democracia. Temos que reeleger o melhor prefeito da história de Recife”

“Cada eleição é uma oportunidade da gente melhorar aquilo que não está bom”

“Acho que vai demorar muito para que a gente possa ter nesta cidade um companheiro mais comprometido que o João Paulo”

“Eles estão tentando destruir o PT pelas coisas ruins que eles acham que o partido fez”

“O PT é o partido da inclusão social deste país”

“Vocês estão vendo este processo comigo. Eu estou tranquilo. Eu tenho convicção e história de luta neste país. É preciso que eles aprendam a respeitar.”

você pode gostar também Mais do autor