Maia pode ter que devolver milhares de reais aos cofres públicos

Vida de presidente não é fácil. Na sua curta interinidade, Rodrigo Maia assinou uma medida provisória liberando 792 000 reais dos cofres brasileiros para a restauração da Basílica da Natividade, em Belém, Israel.

Relacionadas

Uma ação popular pede agora que ele devolva o dinheiro do seu próprio bolso.

Coluna Radar

você pode gostar também Mais do autor