MUDANÇA DE PLANOS: Temer é aconselhado a adiar anúncio de desistência da disputa à reeleição

Do Globo:

O presidente Michel Temer decidiu ouvir seu círculo pessoal de conselheiros e não deve mais formalizar na terça-feira sua desistência da disputa presidencial. Embora já tenha dito ao ex-ministro Henrique Meirelles há duas semanas, como revelado pelo GLOBO, que não será candidato, o presidente pretende adiar o anúncio formal para evitar perder relevância política no momento em que os partidos da base discutem a composição das alianças eleitorais de outubro.

Relacionadas

Ministros do núcleo palaciano estão aconselhando o presidente Michel Temer a adotar um tom genérico durante o evento do MDB, falando dos avanços da economia e tratando Meirelles como uma possibilidade. Temer já desistiu de ser candidato, mas há o temor de ele ficar alijado das negociações caso seja firme na escolha de um candidato que não seja ele neste momento. Segundo aliados, Temer estará na abertura do evento e pretende discursar.

– É preciso ter calma nesta hora – disse um ministro, ao ser perguntado se Temer seria taxativo ao anunciar sua desistência e a candidatura formal de Meirelles.

Mas há uma guerra dentro do MDB. O presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), formatou o encontro desta terça-feira como um palco para o lançamento de Meirelles como candidato. Meirelles, Jucá e o ministro Moreira Franco darão uma coletiva sobre a plataforma batizada de “Encontro com o Futuro”. A avaliação de Jucá e de outros senadores é que Meirelles precisa ser lançado agora como teste, para ver se sua candidatura será viável ou não até final de julho. (…)

você pode gostar também Mais do autor