O GOLPE POR TRÁS: Jungmann vai ter que explicar por que orientou PF a não soltar Lula

Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou convite ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para prestar esclarecimentos sobre a suposta interferência dele, no último domingo 8, na determinação judicial do desembargador Rogério Favreto de soltar o ex-presidente Lula.

A proposta de ouvir o ministro é do deputado Leo de Brito Lula (PT-AC), subscrita pelo deputado Jorge Solla (PT-BA).

Relacionadas

Jungmann teria determinado à Polícia Federal do Paraná, por telefone, que o alvará de soltura de Lula não fosse cumprido

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

você pode gostar também Mais do autor