Polícia faz buscas na casa de investigado pela morte de Marielle Franco

0

Do Estadão Conteúdo no site Metrópoles.

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro fez, na noite desta terça-feira (5/6), uma busca na casa do ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, conhecio como Orlando Curicica, acusado de liderar milícia e investigado pela morte da vereadora carioca Marielle Franco (PSol), ocorrida em 14 de março.

O imóvel fica em Vargem Pequena, na zona oeste do estado fluminense. A busca começou por volta das 18h e durou cerca de uma hora, segundo o advogado Renato Darlan, que defende Curicica. Ele não presenciou a operação, mas o caseiro estava no imóvel. Orlando Oliveira de Araújo está preso desde 27 de outubro de 2017, acusado de homicídio, e a mulher dele está escondida, segundo Darlan, com medo de ser alvo de algum crime por conta das acusações ao marido.

Segundo o advogado de defesa, os agentes envolvidos na operação estavam acompanhados pelo policial militar que afirmou ter testemunhado conversas de Curicica sobre um plano para matar Marielle.

Renato Darlan acusa os policiais de agirem de forma truculenta durante a busca. “Eles quebraram muita coisa, mas não encontraram nada (que fosse ilegal ou comprovasse a ligação de Curicica com a morte da vereadora)”, afirmou.

(…)

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.