Procurador da Lava Jato se dá mal em lançamento de livro e população pede “Lula Livre”

DO DCM:

O lançamento do livro “O Amigo do Direito Penal”, do procurador Diogo Castor de Mattos da Operação Lava Jato, foi interrompido por um ato de manifestantes pró-Lula. O evento ocorreu na noite de quinta-feira (14), segundo informação do jornalista João Frey na Gazeta do Povo.

Relacionadas

Os manifestantes cantaram “olê, olê, olê, olá… Lula, Lula!” e chamaram os procuradores de “inimigos da democracia”. O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima também estava no evento que ocorreu na Livraria Saraiva do Shopping Crystal.

O procurador Castor de Mattos seguiu autografando livros para os convidados mesmo com os protestos. A manifestação foi interrompida quando familiares e amigos do procurador interpelaram o grupo. Segundo a Gazeta, houve um princípio de confusão com troca de empurrões, mas os manifestantes depois saíram da livraria.

você pode gostar também Mais do autor