SAUDADE DOS HOLOFOTES? Janot que ajudou a dar o golpe que cargo na alta cúpula do MPF

Do Jota:

Em comunicação interna, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot informou nesta terça-feira (17/4) aos colegas que está disposto a buscar uma vaga no Conselho Superior do Ministério Público Federal, a alta cúpula da instituição. A eleição para o colegiado será no dia 22 de maio.

Relacionadas

O órgão trata de questões administrativas, decidindo por exemplo sobre deslocamentos de procuradores e formação de força-tarefa. Na carta, Janot diz que pensava em se aposentar ao deixar o cargo, mas que ficou na ativa diante dos injustos ataques recebidos pelo MPF.

O ex-PGR ainda faz um aceno a Raquel Dodge, sua sucessora, dizendo que não fará oposição sistemática e que contribuirá com qualquer chefia da instituição. Dodge é quem comanda o Conselho. Se confirmado, o cargo confere status interno ao ex-chefe do MP internamente. Janot atualmente é subprocurador-geral da República atuando no Superior Tribunal de Justiça.

Janot, que foi responsável por deflagrar as primeiras investigações contra políticos com foro na Lava Jato, deixou a chefia do MPF desgastado em meio a reviravolta na delação da JBS, depois que novos áudios foram entregues pelos colaboradores indicando jogo duplo de um ex-auxilar do procurador nas negociações do acordo. A investida na JBS ainda rendeu um embate público com o presidente Michel Temer e desgastes no Supremo Tribunal Federal.

você pode gostar também Mais do autor