SEGURA MORO: Revista descobre mais um sócio de Parente com interesses na Petrobrás

A revista Crusoé descobriu mais uma sociedade esquisita de Pedro Parente, presidente da Petrobras: com um sujeito que tem um contrato com a estatal no valor de 11 milhões de reais, firmado sem licitação, depois que Parente assumiu a presidência da empresa.

Relacionadas

Na semana passada, a revista revelou que o presidente da Petrobras também é socio de José Berenguer, presidente do banco JP Morgan no Brasil, que em maio deste ano recebeu da Petrobras, antecipadamente, o pagamento de cerca de 2 bilhões de reais (600 milhões de dólares) de um financiamento que venceria em 2022.

CLICK POLÍTICA com informações de Antagonista

você pode gostar também Mais do autor