Tarso Genro pede união de Lula, Ciro, Haddad, Manuela, Boulos e Requião

O ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) pediu união do campo progressista para em um eventual segundo turno da eleição presidencial derrotar o candidato da direita.

“Cuidado, alckimistas estão chegando. As forças democráticas de esquerda, com a indicação de Hadad, terão que revisar estratégias para, no 2° turno, unir-se para impor derrota completa ao golpismo e reconstruir o Brasil. Juntos: Lula, Requião, Ciro, Hadad, Manoela e Boulos”, escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter.

O PT já bateu o martelo pela candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem como vice o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. A PCdoB, da deputada estadual no Rio Grande do Sul Manuela D’Ávila, integra a coligação e, se Lula for impugnado pela Justiça Eleitora, a parlamentar será a vice de Haddad. Também fazem parte da chapa o Pros e o PCO.

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin tem apoio de PP, PR, PTB, PPS, DEM, PRB, Solidariedade e PSD. O tucano garantiu o maior tempo de televisão – 5 minutos e 32 segundos.

Relacionadas

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem como vice a senadora Kátia Abreu (PDT-TO).

O presidenciável Guilherme Boulos (Psol) tem como vice a ativista indígena Sônia Guajajara, do mesmo partido.

O senador Roberto Requião (MDB-PR), citado por Tarso Genro, é uma das principais vozes da política nacional contrárias ao governo Michel Temer e à prisão do ex-presidente Lula.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

você pode gostar também Mais do autor