Afastamento definitivo de Dilma é imprevisível, diz Lira

7

O presidente da Comissão do Impeachment, no Senado Federal, Raimundo Lira (PMDB-PB), admitiu, nesta terça-feira (23) que o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) pode não acontecer. Mesmo a admissibilidade do processo tendo sido garantida por mais de 2/3 do Senado, esse placar não está definitivo e pode sofrer dissidência até a votação final, na máxima de que a política “é a arte dos possíveis”.

“É imprevisível, porque em política tudo é imprevisível. Esse processo é jurídico, mas também político, portanto quando tem politica é um ingrediente absolutamente imprevisível em qualquer circunstância”, disse.

Segundo Lira, os áudios divulgados ontem, em que o senador Romero Jucá (PMDB-RO), ex-ministro do Governo Temer, aparece defendendo a paralisação da Lava Jato foram desagradáveis e podem entrar no discurso a partir de agora.

“Realmente foi um fato profundamente desagradável e esse fato deverá, no início dos trabalhos da Comissão Especial do Impeachment, entrar no discurso, mas eu tenho a expectativa de que não vai atrapalhar o andamento da Comissão”, ressaltou.

Sobre a gravação do colega de partido ser uma prova da existência do golpe em curso, maquiado de impeachment, como defendeu ontem, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), após a divulgação, Lira disse que não concorda e que o processo deve seguir sem interferências.

“Acredito que nesse aspecto não vai mudar nada porque o discurso de Jucá era mais ou menos na direção favorável ao impeachment. É um discurso novo, mas não vai mudar o andamento dos trabalhos”, destacou.

Já sobre o retorno do colega ao plenário, Lira preferiu não fazer pré-julgamentos, se atendo apenas a dizer que o parlamentar era experiente e bem relacionado no Congresso Nacional.

“Romero Jucá é um senador bem relacionado na Casa, competente, conhece profundamente todo o funcionamento da Casa e acredito que a volta dele vai ajudar a coordenação dos trabalhos do Governo no Senado Federal”, disse.

As declarações do parlamentar paraibano foram veiculadas, durante entrevista, nesta manhã, à rádio CBN João Pessoa.

você pode gostar também Mais do autor

7 Comentários

  1. you could try here Diz

    I just want to mention I am just beginner to blogs and certainly loved this web page. Very likely I’m planning to bookmark your website . You really come with exceptional article content. Thank you for sharing with us your web page.

  2. Walteno Souza Diz

    O Senador Raimundo Lira, até parece ser um cara legal, mas por fazer parte de um partido SUPER Corrupto, isso faz com que ele faça parte da manobra “complô” contra a Presidenta da Republica. Espero que ele caia a ficha e sai fora.

  3. Walteno Souza Diz

    O Senador Raimundo Lira, até parece ser um cara legal, mas por fazer parte de um partido SUPER Corrupto, isso faz com que ele faça parte da manobra “complô” contra a Presidenta da Republica. Espero que ele caia a ficha e sai fora.

  4. Walteno Souza Diz

    O Senador Raimundo Lira, até parece ser um cara legal, mas por fazer parte de um partido SUPER Corrupto, isso faz com que ele faça parte da manobra “complô” contra a Presidenta da Republica. Espero que ele caia a ficha e sai fora.

  5. AGVmarques Diz

    É Lira, vc é capanga de Temer, toma vergonha na cara sujeito, caga na CF e assina ilegalidade. Dilma volta, porque a tiraram, para encobrir as corrupçoes de vocês, safados.
    ,

  6. AGVmarques Diz

    É Lira, vc é capanga de Temer, toma vergonha na cara sujeito, caga na CF e assina ilegalidade. Dilma volta, porque a tiraram, para encobrir as corrupçoes de vocês, safados.
    ,

  7. AGVmarques Diz

    É Lira, vc é capanga de Temer, toma vergonha na cara sujeito, caga na CF e assina ilegalidade. Dilma volta, porque a tiraram, para encobrir as corrupçoes de vocês, safados.
    ,

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.